quinta-feira, janeiro 31, 2008

...

"Some people believe that without history, our lives amount to nothing. At some point we all have to choose: do we fall back on what we know, or do we step forward to something new? It's hard not to be haunted by our past. Our history is what shapes us... what guides us. Our history resurfaces time after time after time. So we have to remember sometimes the most important history is the history we’re making today."


in Grey's Anatomy

Ás vezes acho que vejo demasiada televisão...

Como saber que chegaste a Setúbal (a.k.a. casa)


Quando entras em casa e a tua mãe tem as tuas calças novas de Body Pump vestidas e uma cabeleira ruiva, porque vai a um jantar de Carnaval...

Quando vais beber café com os teus amigos e ver o glorioso Vitória de Setúbal dar 3 secos ao Beira-Mar (negando assim os ancetrais da maioria dos pescadores de Setúbal que vieram todos de Aveiro, Murtosa e Estarreja) e ao teu lado está um preto, que ironicamente se chama Albino, que berra que nem um louco e no 3º golo chega inclusivé a beijar o chão do bar com mais baratas a seguir ao Peter...


Quando acordas de manhã e tens o pequeno almoço na mesa de cabeceira, porque o teu pai é um amor...


Quando vais mandar apreender um carro que já vendeste há um c%&$# de tempo para a sucata e que continua a andar por aí em teu nome, e para além de teres de pagar 3 euros por um papelinho a confirmar que sim, estás a ser enrabada, ainda tens de esperar que a senhora da DGV atenda 60 pessoas para poderes entregar o papelinho do enrabamento de 3 euros...


Quando vais à baixa para almoçar e o teu cartão multibanco reconhece o seu ambiente e começa a saltar contente de loja em loja...


Quando deixas de lavar o cabelo em casa porque há tantas cabeleireiras sem trabalho por aí...


Quando deixas de ter horas para jantar porque voltaste para o ginásio (I missed my gym!!)...



Sem qualquer dúvida




Memo to self

Deixar tudo para arumar no último dia e acordar, pensar "são só mais 5 minutos" e virar para o outro lado e adormecer profundamente, quando se vai sair de uma ilha, não é um bom plano...

(A sorte é que eu só trabalho bem sob pressão e quando acordei, consegui arrumar tudo em meia hora. Metade ficou para trás, mas isso agora até não interessa nada!)

quarta-feira, janeiro 30, 2008

E hoje em jeito de despedida...

I'll be there as soon as I can...

See you soon :(*

terça-feira, janeiro 29, 2008

Safely locked up in my heart :)


(Peço perdão pela duração exagerada do slideshow, mas como fui fazendo isto aos poucos e poucos em vários dias diferentes, quando dei por mim já tinha 221 fotos( :S!) e tive de parar... Por isso há muita coisa que aqui não está documentada, mas que certamente ficou gravada no meu coração...)




A todos, MUITO, MUITO obrigado por este ano!

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Já que já ando a falar disto há 3 semanas...

E hoje me parece o dia mais adequado para partilhar isto...

Paulo Bento no seu melhor! Como diria a Joana, com o seu cabelo perfeito, perfeito, perfeito!!

Tati, Tati!! Olha esta!! :)

Respect, sister!!


domingo, janeiro 27, 2008

Foi preciso ir ao Cedros para encontrar uma rua de qualidade!




Como beber um conhaque francês em 3 passos



Resultado do dia:


Joana Alves, Portista e com muito orgulho!


Bem me parecia que a vida me andava a correr extraordinariamente bem, ultimamente... Mas como não se pode ter tudo e claramente, quem não marca, sofre, mamei com dois secos nas fuças em pleno Clube Naval, rodeada de um bando de sportinguistas que sabiam fazer tudo, menos estar calados! Num jogo em que nem o cigano conseguiu salvar o dia, restou-me comer salada de frango (frango esse fornecido pelo Helton aos 13 mins, com carinho) e digeri-la à base de MUITOS, MUITOS kompensans.


Parabéns aos sportinguistas pela vitória, mas espero bem que os próximos kompensans da caixa não sejam para consumo próprio...

quinta-feira, janeiro 24, 2008

Sondagem da semana

video

De que c#$%"#$ estava eu a falar??

A) Do PIB da Nova Zelândia

B) De um novo anúncio de telemóveis da tmn

C) De uma nova doença que se manifesta com conversas totalmente incoerentes, que ninguém se lembra de que foram

D) De qualquer coisa que ninguém percebeu, mas aplaudiram todos porque eu me levantei especialmente para a mencionar

E este nem se aproxima da qualidade do vídeo gravado ontem à noite no Salão, no qual após uma corrida de motas eléctricas e triciclos, dou boleia a um rapaz na minha bicla e parto, perseguida por um carrinho de bebé com uma enfermeira a bordo. (O próximo óscar é nosso sem sombra de dúvida!!).

Ninguém diria que após uma noite terminada de madrugada a assinar paredes numa atafona ao som de Gun's and Roses, tenha conseguido apresentar brilhantemente uma sessão clínica sobre cessação tabágica (gaba-te cesto que vais à vindima, diria minha mãe...). Mas, auto-elogios à parte, ofereço agora publicamente, por quantias razoáveis (que podem ser em àlcool) os meus serviços nesta luta anti-tabágica. Já sabem: se estás farto de fumar...à Joana podes pagar!

Parto agora, sem triciclo (snif, snif...), para mais uma noite mal dormida das que começaram no início da semana e só terminarão no dia em que partir (isto de uma pessoa se despedir de uma ilha demora MUUUUUUUUUUUUIITOOOOOOO tempo!).

quarta-feira, janeiro 23, 2008

Questão do dia


Porque é que eu só compro telemóveis que são uma merda??


Já agora... Valia a pena pensar nisso! Ou não... Façam como entenderem!

Já o Carlos Paião dizia... Podes não saber cantar... Nem sequer assobiar...


http://view.break.com/436073 - Watch more free videos

De certeza que te vais estatelar... Em playback! Em playback! Em playback!

(O que eu já chorei a rir a ver esta personagem hoje! LOL Realmente perco muito ao não ver os programas da TVI! Mea culpa!)

terça-feira, janeiro 22, 2008

E o prémio por acreditar que todos têm um bom fundo vai para…




MIM!!! :) Yeahhh!!

Posso optar por:

A. Uma parelha directamente exibida em frente aos MEUS familiares e amigos, no antro que EU frequento desde que me conheço como pessoa e na MINHA cidade natal


B. Uma cabeça pesada proporcionada por uma personagem anteriormente principal, agora totalmente secundária, e uma rapariga com a qual me dou bem e que conheço desde os tempos de liceu


C. Uma dose de ser mansa servida com extrema falsidade e uma lata descomunal


D. Um par de cornos bem postos por ser tão parva durante este ano


Acho que vou optar pela D, se bem que acho que alguém já escolheu a A por mim…God Dam!




Aos que viram e tiveram receio de me contar… O que não nos mata faz-nos mais fortes e sem dúvida que hoje estou bastante mais forte e com mais vontade que nunca, de seguir em frente, sem sequer olhar para trás, por isso para a próxima (que espero bem que não aconteça, porque ambiciono alguém com pelo menos espinha vertebral), por favor, por favor, telefonem-me a contar antes (não às 7 da matina, como hoje aconteceu, sff, mas a partir das 8 tudo bem! lol).


E já agora, para culminar de uma vez por todas este assunto de merda, à rapariga que disse a amigos em comum, que não me conhecia mas que tinha pena de mim, não tenhas, porque a opção de ser uma perfeita anormal e acreditar numa pessoa que só existe na minha cabeça, foi minha e como tal, tenho de a assumir, tenho pena sim, dos meus amigos e fundamentalmente do meu irmão, que tiveram de engolir muita coisa só para me agradar…


Dou por encerrado o assunto e garanto pôr um filtro anti posts referentes a conversas de merda neste blog. Remeto este assunto à importância que ele tem… nenhuma! Move along e feliz 2008 a todos! (Ou talvez devia dizer isto na minha nova linguagem, enviada directamente de Setúbal mas aprendida, adequadamente, no Faial: Muuu Muuu Muuu! Lol)


P.S. - Assumo tudo o que aqui está escrito e em ponto nenhum pretendo passar por vítima. Estou perfeitamente consciente que fui eu quem deixou chegar ao ponto de permitir tamanha falta de respeito. Este post é uma retribuição do respeito demonstrado por mim e pela minha família nos últimos fins-de-semana e tendo dito isto, surpreendentemente, a minha consciência está bem, obrigado… e a tua?


domingo, janeiro 20, 2008

Como se eu já não tivesse traumas de infância suficientes com a P"#$ desta música....


Eis que ela volta para me assombrar outra vez!

Um minuto de silêncio pelo fim da grande banda portuguesa dos últimos anos...

D'ZRT despedem-se no Pavilhão Atlântico


Os D'ZRT vão despedir-se dos palcos com um espectáculo no próximo dia 3, pelas 21 horas, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.

A banda, saída da série televisiva "Morangos com açúcar", põe, assim, um ponto final à carreira, depois de 260 mil discos vendidos, 50 semanas de permanência no top nacional, 13 discos de platina e mais de duas centenas de concertos.
in Jornal de Notícias


O drama, a tragédia, o horror!! O que é que eu vou ouvir agora?!? Quem é que eu vou perseguir nas tournées com um cartaz a dizer "Zé Milho faz-me um filho!!"?!? Sem dúvida uma perda inclassificável para a música portuguesa...




P.S. 1: Este post vai dedicado ao meu companheiro do "Verão Azul" que me vai levar a mim e ao meu cartaz ao concerto e que ao receber esta notícia respondeu: "Ahh e sabes... O Edmundo vai ser pai!"... (Who the fuck is Edmundo?!?!)

P.S.2: Após esta crise aguda de verborreia, certamente provocada por um exercício exaustivo de jogo do porco, de mais de meia hora ontem, e que culminou em 4 ou 5 posts num só dia, vou mas é trabalhar, que um trabalho sobre a cessação tabágica em que só existe um slide do powerpoint a dizer "Deixe de fumar, porra!!" não é exactamente o que a minha chefe está à espera...

Change



"Change; we don’t like it, we fear it, but we can't stop it from coming. We either adapt to change or we get left behind. And it hurts to grow, anybody who tells you it doesn’t is lying. But here's the truth: the more things change, the more they stay the same. And sometimes, oh, sometimes change is good. Oh, sometimes, change is ... everything."




in Grey's Anatomy

365 dias...

Há, exactamente, 1 ano atrás, cheguei a esta ilha. Não havia vivalma na rua, um café aberto para comer e o dilúvio estava instalado. A primeira reacção foi: “Mãe, vai comprar outro bilhete, que eu aqui não fico nem morta!”.

Passado um ano, e como várias outras almas previram (e não, não estou a falar do Zé Maluco…), agora o que me está a custar, é realmente partir…
Assim, publicamente, me arrependo das vezes que não aproveitei o que esta ilha e a sua gente de bom me tinha para oferecer e agradeço incansavelmente tudo o que de maravilhoso me continuam a dar.

Agora que o fim se aproxima a largos passos e parafraseando o dono do bar mais famoso da Fonte Nova: “Vamos fechar. Obrigado a todos, menos a um.”




(Peço desculpa pelo vídeo e fundamentalmente pela gaivota irritante que está sempre ao lado, mas foi o que se pode arranjar! lol)



Um dos meus all time favorites!

Como o prometido é devido... Tcharan!!


Se não gostarem, sempre podem limpar o rego do ass com ele... lol

Feliz 22+5 ou 25+2 (segundo os dias) Tati!!




Muito diferente de quando certa pessoa era míudo... Em 1998! LOL

quinta-feira, janeiro 17, 2008

This one's for you! :)



Ás que aturam as minhas neuras, devaneios e paralisias cerebrais …
Ás que sabem como estou sem precisar de o dizer…
Ás que me levam a passear…
Ás que são minhas consultoras de moda…
Ás que passam horas comigo na Julieta …
Ás que me levam a casa, quando a situação assim o requer…
Ás que detestam aqueles que me fazem mal…
Ás que me ajudaram a crescer e transformar numa adulta (mais ou menos) integrada na vida em sociedade…
Ás que me ouvem chorar e limpam as minhas lágrimas…
Ás que me metem no meu sítio e me abrem os olhos para a realidade…
Ás que se embebedam comigo com um copo de laranjada…
Ás que me acompanham nas festas, saídas e bebedeiras…
Ás que me acompanham nas fossas, depressões e tragédias…
Ás que me moem o juízo TODO o santo dia (Sim… a ti também!) …
Ás que me dão sobrinhos lindos e maravilhosos…
Ás que me mandam fotos de candidatos a namorados…
Ás que me internarão no Júlio de Matos se eu tiver mais alguma crise de loucura…
Ás que vão comigo ver filmes alternativos em francês, que ainda por cima são cantados…
Ás que me acolheram numa ilha e me fizeram sentir em casa…
Ás que me despediram em Setúbal e tudo fizeram para eu sentir que não tinha deixado a minha casa…
Ás que vão jantar comigo hoje para celebrar este dia…
Ás que estão espalhadas pelo mundo, mas todas juntas no meu coração…

A todas vocês… FELIZ DIA DE AMIGAS!!

Obrigado por me aturarem ( uma tarefa hercúlea, eu sei, mas pensem assim: há dias em que eu até sou uma gaja fixe!)








I'll Be There For ...


terça-feira, janeiro 15, 2008

Como identificar-nos nas palavras de alguém que não conhecemos...

Hoje, ao passar os olhos por um dos meus blogs favoritos, deparei-me com um texto postado há uns dias denominado "Numa Fatia do Tempo". Como achei que estava tão bem escrito e me identifiquei tanto com o que a autora (que não conheço de parte alguma) estava a descrever... roubei-o! Aqui fica para todos (os que quiserem) ler. Porque afinal até me sinto como o Robin dos Bosques, a roubar dos ricos para dar aos pobres.


"Hoje passo por aqui a pensar que os dias nascem e morrem em vinte e quatro horas, o mundo muda e nenhum minuto se repete. E nós envelhecemos entre uma palavra e outra. A mesma coisa amanhã será diferente, porque nada permanece igual. Até o passado se altera no que guardamos dele, porque as memórias, por força que as segure, baralham-se e rendem-se ao passar do tempo. E nós não queremos perder nada e perdemos sempre qualquer coisa... e ganhamos também, porque a vida dá, tira, devolve, oferece e rouba. Nada é nosso verdadeiramente porque o nosso tempo é emprestado e nós vivemos uma prestação. Hoje lembrei-me do sentido de mudança e que não tenho direitos nenhuns sobre o Tempo. Mas tenho o dever de insistir no que quero e o momento é hoje porque hoje é o sempre mais próximo de nós. Em todas as coisas que vou pensando aqui e agora encontro-me em histórias de mim e planos de amanhã. Não quero dias de espuma, quero passado, presente e futuro bem medidos. Quero dias bem dormidos e acordados em mim. Quero o infinito e quando esgotar o tempo que tenho quero a eternidade. Tenho a certeza que tudo muda, menos a intensidade do que sinto em mim e do que sei que sou..."


in http://ana-xana.blogspot.com/ (só para o caso de alguém me querer processar...)

Thank God!

“Coração artificial: primeiro órgão biológico feito em laboratório”

In Público 15/1/2008

Graças a Deus! Pensava que já não havia cura para mim… Não consegui foi descobrir o número, para encomendar um para o Faial.

segunda-feira, janeiro 14, 2008

Só porque vai correr tudo bem , meu amor.


Home.mp3


E faltando 15 dias para voltar para casa, hoje pela primeira vez em muito, muito tempo, senti verdadeira vontade e completa tristeza por o não estar...

domingo, janeiro 13, 2008

Passeio de domingo à tarde (a.k.a. passeio dos tristes, desta vez, excepcionalmente, alegres)


Reparem até onde as Sereias do Sado chegam. O barco mais lindo do porto da Horta!
Note-se que o facto de eu ser de Setúbal e de conhecer o dono , não influencia em nada a minha avaliação imparcial.






As Vejas, pelos vistos simpáticas e pachorrentas, segundo a descrição no site http://www.horta.uac.pt/projectos/Saber/200405/veja.htm, mas estas até estavam um bocado caladas quando tentámos falar com elas. Tímidas, talvez?



Após várias tentativas de aumentar a imagem, a imagem da passagem para o porto de Castelo Branco, onde nos temos de baixar para não levar com um avião nas fuças. Talvez surja daí a expressão: "Pico-te o focinho"...







O pássaro madrugador é que apanha a minhoca... Já dizia o Paulo André!




Vale sempre a pena acordar cedo a um domingo de manhã só para ver as minhas special ones na televisão (só me dou com gente famosa!).

Que saudadeeesssssssss!! :(


P.S: Só não está aqui uma foto dos "mê meninos" porque neste computador não há nenhuma, mas fiquem a saber que saíram todos lindos na tv (ou não fossem os "mê meninos!")

Pode repetir?



Postado por Jo@ocupada a.k.a. Camela (e com muito orgulho!)

sábado, janeiro 12, 2008

Life's little pleasures...

Benfica 0-0 Leixões
FC Porto 4-0 Sp. Braga


É sempre bom entrar em casa depois do jantar, abrir o site da Bola e deparar-me com alegrias como esta.

Banda sonora de 6ª Feira à noite

Sem dúvida o ponto alto da noite ontem, este e a brilhante interpretação, do novo grupo musical JoAnas, do hit intemporal "Estava a assar sardinhas". Aguardem-nos!

P.S.1: Descobri hoje ao almoço que vou ao Rock in Rio, este ano ver Metallica. :) Yeahhh!!

P.S.2: Cada vez gosto mais de sair à noite na Horta ;)

sexta-feira, janeiro 11, 2008

Miss you too :(

E já sabes que tens sempre...

quinta-feira, janeiro 10, 2008

One day at the movies

Na passada 3ª Feira fui, pela primeira vez, ao cinema na cidade da Horta. O filme, escolha da Tatiana (embora ela agora negue a pés juntos que tenha sido ela), chamava-se “Canções de Amor”.

A história, um musical, decorria na cidade de Paris e centrava-se num casal que desde há um mês tinha iniciado uma relação a três com uma outra rapariga. Esse ménage a trois, disfuncional e com muita cantoria envolvida, viu-se subitamente interrompido pela morte súbita da namorada (também com cantigas e reanimação em câmara lenta).
O rapaz, completamente absorvido pelo desgosto da morte da namorada, cantou mais umas quantas vezes, foi para a cama com a empregada do bar em frente de casa e acabou numa relação apaixonadíssima com um puto obcecado por ele e que por sua vez também gostava de cantar.
Resultado fomos todos cantando e dançando para casa, eu recordando as bebedeiras do “Non rien de rien” em que subia a candeeiros no largo da Fonte Nova.

Fica aqui a minha critica cinematográfica da semana. Para a semana deixarei um comentário sobre o próximo filme a visionar, que, como hoje foi decidido será uma obra intitulada “2 days at Paris” ou na tradução em português “Julie Delpy” (Hein?!?!?).

Até lá despeço-me com um “Let’s look at the trailer” ou “Já agora, valia a pena pensar nisso” ou seja lá o que fosse que o Lauro António dizia.

Don't let the world bring you down, not everyone here is that fucked up and cold

Powered by eSnips.com


I'd like to close my eyes and go numb
But there's a cold wind coming from
The top of the highest high rise today
Its not a breeze cuz it blows hard
Yes and it wants me to discard the
The humanity I know, watched the warmth blow away

So don't let the world bring you down
Not everyone here is that fucked up and cold
Remember why you came and while you're alive
Experience the warmth before you grow old


So do you think I should adhere
To that pressing new frontier
And leave in my wake, a trail of fear
Should I hold my head up high
And throw a wrench and spokes by
I'm leaving the air behind me clear

So don't let the world bring you down
Not everyone here is that fucked up and cold
Remember why you came and while you're alive
Experience the warmth before you grow old



segunda-feira, janeiro 07, 2008

I am the special one!

Só podia ser de Setúbal!

domingo, janeiro 06, 2008

sábado, janeiro 05, 2008

quinta-feira, janeiro 03, 2008

Farts and Relationships

Brilhante...Como é que eu nunca pensei nisto antes?

quarta-feira, janeiro 02, 2008

Spiderpig

Eu não resisti, desculpem...
Mas pensem assim, agora são mais 15 dias sem me ouvir cantar o spiderpig.lol