segunda-feira, julho 28, 2008

I work hard for my money




O que eu gosto mesmo, mesmo, mesmo... são os bancos de 24 horas aos domingos (surpreendentemente ainda "melhores" que os de sábado!).


Pontos a reter:



  • Não ir jantar ao Miguel na noite anterior, comendo e bebendo como se não houvesse amanhã (corre-se o risco de cerca de 99% ,de acordar às 6h30 da manhã a vomitar)

  • Das coisas mais agradáveis que há na vida, é chegar ao hospital às 8 da manhã e começar a ser galada descaradamente pelo colega que está de saída de banco, e que acha que é a melhor coisa do mundo a seguir ao chantilli, o que não nos deixa ouvir rigorosamente nada da passagem de turno.

  • Engasgar-nos quando falamos com dito colega (vestigios ainda do jantar do Miguel), vai fazer com que ele pense ainda mais que é a melhor coisa do mundo a seguir ao chantilli.

  • Não fazemos muitos amigos, olhando com cara de má e dizendo "Podes-te calar só um bocadinho? É que me doi muito a cabeça..."

  • A nossa vida assume um sentido completamente diferente, a partir do momento em que passamos uma tarde de domingo, preocupadas com o tipo de merda que vem na fralda do senhor da cama 4.

  • Não há ninguém naquele hospital que seja do Porto.

  • Coincidentemente, chegaram uma série de enfartes, assim que o Benfica começou a perder (o Quique Flores vai-me dar muito trabalho este ano, pelo que estou a ver).

  • Desta vez não me tentaram dar um estalo, mas o senhor da cama 3, achava que eu era a sua mulher Isilda

  • A urgência é um sítio muito útil para partilhar experiências adquiridas com ex-namorados (para alguma coisa eles haviam de servir!lol)

  • Penso que desta vez só me passou pela cabeça 2237683 vezes a frase "Estás a ganhar XXX por estar aqui Joana. Tu pensa que estás a ganhar XXX!" (o meu auxiliar para manter a sanidade, face a um Tromboembolismo Pulmonar às 4h30 da manhã...)

Agora desculpem lá enquanto vou ali à praia tentar recuperar alguns dos meus neurónios e umas quantas horas de sono.

6 comentários:

Toupeirinha@Faial disse...

Não te preocupes que o Quique não chega ao Natal...

Palmao Maiorqueno disse...

ES uma grande personagem!!!

Palmeiro Maiorqueiro disse...

Ja disse que es uma grande personagem?!?!?!?!?!?

sick boy disse...

palmao maiorqueno? palmeiro maiorqueiro??

Anônimo disse...

Realmente a vida de médica é cheia de glamour.
Ao fim e ao cabo nem o Severino apareceu... és mesmo um pé frio. irra.

Anônimo disse...

Sim, provavelmente por isso e