quarta-feira, setembro 23, 2009

E ainda falando de certa e determinada etnia...


O que dizer de um rapaz novo que entra agarrado ao peito com uma dor muito, grande, muito grande , muito grande, que estava a "enfartariii", e que quando faz o electrocardiograma e lhe dizem que não tem alterações, se levanta como se nada e vai limpar os brincos de Cristiano Ronaldo, no líquido para desinfecção de mãos.

Depois dizem que eu não tenho paciência...

5 comentários:

zippy disse...

Espectacular!!

Anônimo disse...

Não percebi a razão da tua "queixa". Objectivamente o home queixava-se, ficou descansado por não ter nada, olhou pa So dotora, arregalou os olhinhos e pensou "Porra, tou sem os me brincos", demonstrou cuidados de higiene e desinfectou-se...juro que não percebo o que possa estar mal :)))
B

Jo@ocupada disse...

LOL Havias de me fazer uma destas no Hospital, que vias logo os meus truques de combat reaprendidos outra vez num instantinho!
lol :)

Aurélio Silva disse...

O problema é gastar o liquido? Hum... pelo menos não ocupou uma cama livre porque não tinha onde deixar a mãe enquanto estava de serviço. Certo?
(Isto não tem nada a ver consigo, ok? São reflexões...).

Jo@ocupada disse...

Caro Aurélio,

Sinceramente aquilo que ele gastou ou não de líquido desinfectante, não me podia desinteressar mais, mas agora que alguém que claramente não estava assim tão doente, simule um sintoma para passar à frente de pessoas que REALMENTE estão doentes, isso sim continua constantemente a incomodar-me.

Confesso no entanto, que também me causam especial revolta, as tão afamadas pessoas, que claramente não têm coração, que chegando ao período das férias do verão, Páscoa ou Natal, precisam de um lugarzinho a mais no carro e despejam familiares, outrora tão válidos como eles mesmos, numa maca do hospital à espera de uma infecção nosocomial oportuna.